O futuro, aquele retratado em filmes de ficção científica, já chegou, e é protagonizado por personagens impactantes da era moderna, como os robôs. Cada vez mais modernos, eles são capazes de desempenhar diversas ações e auxiliar a mão de obra humana em tarefas do cotidiano e também laborais.

A automatização industrial é um exemplo de como as máquinas de inteligência artificial, atualmente, são garantia de alta produtividade, segurança e economia.

Pensando nisso, um trio de profissionais catarinenses com experiência reconhecida na indústria resolveu levar os robôs para o varejo, mais especificamente direcionados ao ramo alimentício. Juntos, criaram a Cooking Hands, uma startup que utiliza, além de robôs, uma série de dispositivos desenvolvidos conforme a necessidade de cada cliente.

A empresa, criada no ano passado, transforma uma ideia, um sonho, em realidade. Fornece consultoria em branding, service design, design thinking, design de produto, costumer-centric design e experiência do consumidor.

Conforme os sócios, o objetivo é aumentar a eficiência com redução de custos. O resultado é a padronização de produtos e atendimento ao cliente, aumento da atratividade do negócio e a possibilidade de extração de diversos dados para embasar decisões.

O primeiro projeto da Cooking Hands foi desenvolver a Roboteria Shakes & Sundaes, um quiosque comandado por um sorveteiro robô, batizado carinhosamente de Icebot. Ele prepara diferentes sabores de sundaes e milk-shakes.

O cliente personaliza o produto com um tablet, realiza o pagamento em cartão e vive a experiência inédita em ser atendido e servido apenas por um robô industrial.  A Roboteria Shakes & Sundaes está atualmente localizada no Garten Shopping, na cidade de Joinville, em Santa Catarina.

Segundo os criadores da startup, a Roboteria proporciona um modelo de negócio altamente atrativo e que demanda o mínimo de intervenção humana na execução das ações e no atendimento final. Assim, o investimento em automação industrial se paga rapidamente e possibilita uma redução expressiva nos problemas diários das operações do varejo.

O desenvolvimento do projeto para a Roboteria foi baseado na necessidade de promover experiências diferenciadas ao cliente, baixo custo, prazo de execução curto e retorno rápido do investimento.

Desde a ideia inicial até a implantação do projeto foram seis meses, utilizando desenvolvimento ágil e novas tecnologias, como impressão 3D e planejamento estratégico com retomadas pontuais, para garantir a entrega no prazo estipulado no planejamento inicial.

Neste sentido, a Cooking Hands assume compromisso com a inovação e o desenvolvimento tecnológico e humano. Ela pretende revolucionar o varejo com a automação de baixo custo e lucratividade, proporcionando experiências únicas aos consumidores e o estabelecimento de uma nova era tecnológica para a vida cotidiana.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here