Originalmente lançado em 2015 para ajudar os trabalhadores em tarefas leves de montagem, o robô colaborativo YuMi da ABB abriu caminho a uma série de aplicações e indústrias diversas, abrindo novas oportunidades e ajudando a despertar a imaginação das pessoas sobre o que pode ser alcançado com automação robótica.

Com seu design ergonômico e uma variedade de recursos de segurança, incluindo braços leves de liga de magnésio com estofamento suave para evitar pontos de esmagamento, controle avançado de movimento com detecção de colisão, o YuMi foi projetado para ser instalado em estações de trabalho junto às pessoas, aumentando a flexibilidade, permitindo que humanos e robôs para trabalhar juntos em tarefas que anteriormente exigiriam barreiras ou fechamentos de segurança.

O YuMi estabeleceu o padrão de segurança em aplicações colaborativas em que robôs e trabalhadores precisam trabalhar lado a lado. Com sua destreza e design de 14 eixos de braço duplo, o YuMi desempenhou um papel fundamental no aumento da produtividade e qualidade nas linhas de produção em todo o mundo, desde a montagem de componentes eletrônicos e elétricos até a triagem de doces nas fábricas de confeitaria.

Ao eliminar a necessidade de medidas de segurança volumosas e caras, como fechamentos, o YuMi ajudou a remover as barreiras físicas e psicológicas que separam as pessoas dos robôs.

A chave para a popularidade do YuMi tem sido seu design amigável, que imita o tamanho e os movimentos de um operador humano, e seus braços acolchoados de peso ultrabaixo, que permitem que ele se mova com segurança mais rápido do que outras cobots.

 “Há cinco anos, a nossa visão para o YuMi era estabelecer um novo padrão para a robótica colaborativa, criar um robô capaz de trabalhar lado a lado com pessoas  humanos sem outras medidas ou barreiras de proteção, que fosse simples de instalar e operar”, disse Sami Atiya, Presidente do negócio de Robótica e Automação Discreta da ABB.

“O YuMi provou ser incrivelmente popular, criando uma nova categoria para robôs pequenos e colaborativos para manipulação, montagem e inspeção de materiais, ao mesmo tempo em que amplia o apelo do uso de robôs colaborativos em uma ampla gama de aplicações, desde a fabricação e montagem até a assistência médica e além”, completou Atiya.

Desde o seu lançamento, o YuMi se tornou um marco no amplo portfólio de soluções de automação colaborativa do negócio de Robótica e Automação Discreta da ABB. Ele acumulou uma história de utilização impressionante, fornecendo resultados em tudo, desde a produção de tomadas elétricas, até ajudando a testar a segurança, confiabilidade e durabilidade de máquinas ATM para o fornecedor de software de pagamentos Abrantix AG, baseado na Suíça.

Com o setor médico procurando maneiras de melhorar a eficiência, o YuMi expandiu para aplicações de assistência médica e farmacêutica, auxiliando em tarefas em laboratórios e instalações médicas.

A Copan Diagnostics nos EUA, por exemplo, está usando estações de trabalho YuMi-based HEPA filtered bio-safety para gerenciar tecidos, amostras de ossos e fluidos estéreis, além de transportar cotonetes e culturas de sangue tradicionais.

O YuMi também teve um grande impacto fora do local de trabalho. Os marcos importantes da vida do YuMi incluem conhecer os líderes mundiais Angela Merkel, Barack Obama e Naresh Modi, conduzir uma orquestra com Andrea Bocelli em Pisa, na Itália, e servir café ao público nas lojas de departamentos Selfridges, em Londres, e Bloomingdales, em Nova York.

No Brasil, esteve presente também no Carnaval de São Paulo em 2020, levando a Indústria 4.0 para a passarela do samba, mostrando a milhares de pessoas como a tecnologia está presente na indústria e na vida das pessoas.

“O YuMi capturou a imaginação do público, aparecendo em tudo, desde vídeos de música a programas de TV populares, fazendo de tudo, desde fabricar aviões de papel até fazer truques de cartas”, acrescentou Atiya.

“Paralelamente a todas essas aplicações divertidas, está a séria mensagem de como robôs como YuMi estão ajudando a mudar atitudes em relação à automação robótica. Ao ajudar a educar as pessoas sobre como os robôs podem apoiar nosso trabalho, o YuMi preparou o caminho para os robôs serem usados em locais de trabalho e fábricas em todo o mundo”, explicou o presidente do negócio de Robótica e Automação Discreta da ABB.

Para ajudar a continuar a revolução iniciada com o lançamento do YuMi, a ABB apresentou seu robô YuMi de braço único em 2017. O robô colaborativo de sete eixos mais ágil e compacto da ABB pode ser montado em mesas, paredes ou tetos e foi projetado para oferecer flexibilidade em uma gama crescente de aplicações.

“Nos últimos cinco anos, nossos robôs YuMi de braço duplo e braço único lidaram com conceitos errôneos que dificultavam a adoção de robôs, demonstrando a ampla gama de benefícios que eles podem trazer e facilitando o processo o máximo possível para usá-los e aplicá-los a diferentes tipos de processos”, disse Andie Zhang, gerente global de produtos – robôs colaborativos da Robótica da ABB.

“Os clientes nos dizem que o melhor do YuMi é que as pessoas não acham isso intimidador. Por ter características humanas, as pessoas se sentem confortáveis ao lado de um robô YuMi. Também descobrimos que o YuMi tende a ser rapidamente aceito como parte da equipe quando introduzido nas linhas de produção manuais, pois costuma ser usado para tarefas chatas e repetitivas, liberando o operador para realizar trabalhos mais variados e interessantes”, completou Zhang.

O YuMi possui a função de programação integrada líder de mercado, facilitando a movimentação dos braços do robô nas posições necessárias para a sua aplicação. Além disso, o novo Wizard easy programming – software de programação – da ABB ajuda a simplificar ainda mais o processo de criação de um programa de robô, oferecendo uma interface gráfica intuitiva, de arrastar e soltar, que qualquer pessoa pode usar, sem treinamento especial.

“Com o YuMi, os usuários podem começar moderadamente, realizando as tarefas mais rápidas e fáceis de automatizar e, em seguida, usar a experiência e a confiança que adquiriram para encontrar maneiras de aplicar a automação a outras partes de suas operações. Alguns clientes até compraram um sem uma aplicação específica em mente”, acrescentou Andie Zhang. “Eles simplesmente queriam explorar o que é possível com a automação colaborativa com sua equipe de produção”.

Confira este vídeo com os principais feitos do YuMi  https://youtu.be/v8Nkhf_lZG4

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here