A transformação digital está cada vez mais presente nos processos industriais da Petrobras, trazendo ganhos em segurança, meio ambiente e eficiência energética. Seis refinarias já implantaram o Smart Tocha. O sistema agrega inteligência artificial e automação para controlar a qualidade da queima de gases nas tochas, reduzir o consumo de vapor e emissões que geram efeito estufa.

A tecnologia já está presente nas refinarias Presidente Getúlio Vargas (Repar), Presidente Bernardes (RPBC), Henrique Lage (Revap), Duque de Caxias (Reduc), de Capuava (Recap) e de Paulinia (Replan).

Desenvolvido numa parceria entre o Centro de Pesquisas, Desenvolvimento e Inovação da Petrobras (Cenpes) e a PUC-Rio, com participação integrada das áreas de Refino e TIC, o sistema proporciona economia de vapor, o que resulta em melhor eficiência energética, além de manter a queima de forma segura para o meio ambiente.

“Os ganhos trazidos pelo Smart Tocha nas refinarias equivalem ao abastecimento energético de uma cidade com cerca de 20 mil habitantes, buscando melhoria de desempenho e conformidade ambiental nas operações, com segurança, redução de custos e aumento da eficiência, pilares estratégicos da Petrobras”, informa Nicolás Simone, diretor executivo de Transformação Digital e Inovação.

A tocha, ou flare, é um equipamento essencial para o sistema de segurança de uma refinaria e utilizada para evitar descarte de gases inflamáveis ou tóxicos para a atmosfera, realizando a queima segura destes compostos. Para que a combustão seja completa e adequada, é utilizado vapor d’água em vazão proporcional aos tipos de gases que chegam no sistema de tocha.

O Smart Tocha aplica técnicas de análise de imagens e aprendizado de máquina com a contínua geração de imagens da queima. Isso permite monitoramento e ajuste da injeção de vapor para a tocha em tempo real de forma automatizada.

Refinarias da Petrobras adotam inteligência artificial no controle de tochas

RefTOP

O desenvolvimento da Smart Tocha com inteligência artificial faz parte do programa RefTOP – Refino de Classe Mundial, com o objetivo de posicionar a Petrobras entre as melhores companhias refinadoras de petróleo no mundo.

Consiste em um conjunto de iniciativas que buscam implementar melhorias para aumentar a eficiência e desempenho operacional das refinarias para que sejam mais competitivas na abertura do mercado de refino de petróleo no país. Os investimentos inicialmente previstos no RefTOP até 2025 são de aproximadamente US$ 300 milhões.

O programa promoverá o uso intensivo de tecnologias digitais, automação e robotização nas refinarias, sendo um dos norteadores da área de Refino e Gás Natural (RGN) da empresa, junto com o Programa Gás + e o BioRefino 2030.

De acordo o Plano Estratégico 2021-2025 da Petrobras, esse conjunto de iniciativas irá preparar as atividades de refino e gás natural da companhia para um mercado aberto, competitivo e em transição para uma economia de baixo carbono.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here