Com a expansão da Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) em todos os setores, os dados estão se tornando a moeda da inovação. As organizações têm uma oportunidade e um imperativo comercial para adotar tecnologias rapidamente, desenvolver competências digitais e oferecer novos serviços de valor agregado que atendam a seu ecossistema mais amplo.

A manufatura é um setor em que a IoT tem um impacto transformador, mas também exige que muitas empresas se unam para que a tecnologia seja eficaz. Vemos vários desafios que diminuem o ritmo da inovação na indústria, como estruturas de dados proprietárias de ativos industriais legados e soluções fechadas.

Essas estruturas fechadas promovem silos de dados e limitam a produtividade, dificultando a produção e a lucratividade. É preciso mais do que um novo software para impulsionar a transformação – é necessária uma nova abordagem para padrões abertos, uma mentalidade de ecossistema, a capacidade de romper com o “jardim murado” para dados e novas tecnologias.

Por isso, a Microsoft investiu para que o Azure funcionasse perfeitamente com o OPC UA. Na verdade, somos o principal contribuinte de software de código aberto da OPC Foundation. Para promover essa abordagem de plataforma aberta, colaboramos com fabricantes líderes mundiais para acelerar a inovação na IoT industrial para reduzir o tempo para o valor.

Mas achamos que precisamos fazer mais, não apenas diretamente entre a Microsoft e nossos parceiros, mas em toda indústria e entre os próprios parceiros. Não se trata do que qualquer empresa pode oferecer em suas operações – trata-se do que elas podem compartilhar com outras pessoas do setor para ajudar todos a alcançar novos níveis.

É claramente uma tarefa muito maior do que qualquer organização pode assumir e, agora, tenho o prazer de compartilhar mais sobre os investimentos que estamos fazendo para promover a inovação no setor de manufatura, com plataformas abertas.

A plataforma de manufatura aberta

Lançamos na Hannover Messe 2019 a Open Manufacturing Platform (OMP) com o grupo BMW, nosso parceiro nessa iniciativa. Construída na plataforma de nuvem do Microsoft Azure Industrial IoT, a OMP fornecerá uma arquitetura de referência e uma estrutura de modelo de dados aberta para membros da comunidade que irão contribuir e aprender uns com os outros em projetos de IoT industriais.

Criamos uma abordagem inicial e estamos trabalhando ativamente para incluir novos membros. A BMW tem um caso de uso inicial focado em sua plataforma de IoT, construída sobre o Microsoft Azure, na segunda geração de sistemas de transporte autônomos em um de seus sites, simplificando enormemente seus processos de logística e criando maior eficiência.

A OMP oferece uma única arquitetura de plataforma aberta que libera dados de ativos industriais legados, padroniza modelos de dados para correlação de dados mais eficiente e, o mais importante, permite que os fabricantes compartilhem seus dados com parceiros do ecossistema de maneira controlada e segura, permitindo que outros se beneficiem de suas percepções.

Com casos de uso industrial pré-construídos e projetos de referência, os membros da comunidade trabalharão juntos para enfrentar desafios industriais comuns, mantendo a propriedade de seus próprios dados.

Uma maré crescente que leva todos os barcos

O reconhecimento da necessidade de uma abordagem aberta está tomando conta de toda a indústria, como ficou evidenciado no anúncio da SAP da Open Industry 4.0 Alliance. Essa aliança – concentrada em fábricas e depósitos – entre a SAP e vários líderes da indústria europeia ajudará a criar um ecossistema aberto para a operação de fábricas altamente automatizadas.

A OMP e a Open Industry Alliance 4.0 são visões complementares. Ambas reconhecem a necessidade de uma plataforma aberta para a nuvem e a fronteira inteligente no chão da fábrica. Ambas destacam um modelo de dados aberto e mecanismos de troca de dados baseados em padrões que permitem a colaboração entre empresas.

Trabalhamos em conjunto com a SAP em esforços como a Open Data Initiative e em toda a indústria em uma ampla gama de iniciativas, incluindo o Industrial Internet Consortium, o Plattform Industrie 4.0 e a OPC Foundation.

Estamos animados para continuar essa parceria frutífera e trabalhar para alinhar a OMP e a Open Industry 4.0 Alliance. A colaboração é a força vital da manufatura futura e quanto mais trabalharmos juntos, mais poderemos realizar.

Artigo de Sam George, diretor de Azure IoT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here