O Instituto Mauá de Tecnologia (IMT) vem seguindo as recomendações das autoridades para manter o distanciamento social. Por isso, a instituição está investindo em alta tecnologia para promover, pela primeira vez, o vestibular de forma on-line, priorizando a segurança e confiabilidade dos resultados por meio de uma plataforma de Inteligência Artificial (IA).

Ela sinaliza quaisquer comportamentos suspeitos dos candidatos que são capturados via webcam, microfone e tela dos dispositivos  que serão utilizados  para realizar o exame.

“O candidato deverá utilizar um computador desktop ou um notebook com acesso à internet, webcam, integrada ou não, e microfone, com windows 7 ou superior. Será obrigatório a apresentação de um documento com foto recente (RG, CNH ou Registro Nacional de Estrangeiros). Além do reconhecimento facial, a IA também reconhece gestos ou movimentos suspeitos, utilização de dispositivos móveis e a presença de outras pessoas no ambiente em que está sendo feita a prova”, comenta Hector Alexandre – Coordenador da Comissão do Vestibular 2021 do IMT

Monitoramento On-line

Assim como nas provas presenciais, a versão online também é supervisionada por monitores treinados. “Se o fiscal notar um movimento suspeito, o candidato poderá ser convidado a fazer um giro de 360° com a sua câmera. Vale lembrar que vai haver uma central de monitoramento,  na qual a comissão organizadora poderá observar, em várias telas, todos os movimentos dos candidatos. Portanto, é recomendado realizar a prova em um local silencioso e sozinho, e sem outros aparelhos eletrônicos por perto para não haver dúvidas quanto à legitimidade do processo”, diz Alexandre.

Para as provas virtuais, a plataforma Mercer|Mettl é reforçada com várias funcionalidades de segurança como autenticação de candidatos multifatorial, navegação segura e encriptação de dados. Esse conjunto de recursos tem a finalidade de garantir a identidade do indivíduo que realiza o teste e a integridade do ambiente em que ele é realizado.

“O sistema desabilita imediatamente quaisquer tentativas de abrir novas abas ou arquivos, navegar em sites diversos, duplicar ou compartilhar a tela, enviar e-mails, abrir dispositivos de memória externa, ter a máquina acessada por softwares de acessibilidade remota, ou imprimir, copiar ou colar qualquer conteúdo”, reforça Rafael Ricarte, líder de produtos de Career da Mercer Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here