Um ano após o primeiro caso oficial de Covid-19 registrado no Brasil, muitas empresas otimizaram suas operações por meio da adoção de tecnologias para a automação de processos. A Minsait foi uma das organizações que ajudou algumas dezenas de clientes a otimizar sua produção, registrando um crescimento de mais de 100% neste tipo de projeto desde o início da pandemia.

Hiperautomação acelera a retomada econômica das empresas

A versatilidade e a rapidez para trazer resultados são pontos que contribuem para o aumento significativo da adoção da automação robótica. Casos concretos comprovam melhorias de produtividade de processos administrativos em até 90%. Além disso, proporcionam uma redução de custos em até 30% graças à unificação da gestão de documentos.

De acordo com a Minsait, além de buscar lucratividade e crescimento, as empresas desejam criar uma cultura diferencial e de inovação. Entendendo esta realidade, a companhia aposta na hiperautomação com soluções e serviços capazes de redirecionar o capital humano de modo que possa destinar mais tempo às atividades mais estratégicas e de maior valor para o negócio.

Em um cenário de mudança contínua como o que vivemos, a hiperautomação surge como aliado chave do presente e do futuro das empresas porque possibilita a incorporação e a unificação de diferentes tecnologias capazes de gerar melhores resultados.

Neste sentido, se refere à aplicação de tecnologias avançadas, como a Inteligência Artificial e o Machine Learning, para de maneira crescente automatizar processos e potencializar o capital humano. A hiperautomação se estende através de uma série de ferramentas que podem ser automatizadas, mas que igualmente estão ligadas a sofisticação da automação (descobrir, analisar, desenhar, automatizar, medir, monitorar e reavaliar).

As operações podem ser otimizadas a partir da compreensão dos processos de negócios e especialização tecnológica com a implementação de ferramentas e metodologias que promovam a agilidade da organização. Dados da companhia apontam que é possível reduzir em 50% o tempo de lançamento de novos projetos e em 40% o tempo de alocação de recursos, com a criação de estruturas de projetos de transformação ágeis.

“É fundamental valorizar a oportunidade que esse momento nos traz. Diferentes empresas estão buscando agora por pequenos projetos para entender como a tecnologia pode funcionar na prática e o ganho com esse tipo de soluções certamente pode ser expandido ao longo do tempo. À medida que mais empresas ganham confiança e veem os benefícios que soluções de automação podem trazer, projetos podem ser remodelados e atingirem objetivos cada vez mais complexos. Sem dúvida, é necessário que companhias de tecnologia estejam atentas para a oportunidade que esse momento traz”, destaca Marcus Luz, Head de Tecnologias Avançadas da Minsait no Brasil.

A hiperautomação gera economia de centenas de milhões de reais em operações de telecomunicações em todo o mundo por meio da otimização de processos de front e back de vendas e de gestão de incidências. Durante a pandemia de Covid-19, na Minsait, ela respaldou o gerenciamento de uma avalanche de solicitações de ajuda endereçadas às administrações públicas, graças à combinação de Robotização, Processamento de Linguagem Natural e Chatbots.

“Agilizamos dezenas de milhares de horas em processos de onboarding e comunicação com clientes de algumas das principais seguradoras. Ajudamos algumas das maiores empresas de energia do mundo a otimizar processos de negócio e proteger infraestruturas críticas com Visão Artificial e Robotização, além de reduzimos em 60% o tempo de liberação de crédito em instituições financeiras do setor automotivo em oito países da Europa”, completa Marcus Luz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here