Eletrônica no molde, pele inteligente, monitoramento de integridade estrutural, estruturas inteligentes compostas e a construção de fotovoltaicos integrados (BIPV) são algumas das novas tecnologias que você vai conhecer em breve

A eletrônica estrutural (SE) é um dos desenvolvimentos tecnológicos mais importantes deste século. Forma uma parte fundamental do sonho de Edison em 1880 de que a eletricidade deveria ser feita onde fosse necessária.

A SE é muitas vezes biomimética, imita a natureza de maneiras que antes não eram viáveis, explica o estudo feito Peter Harrop e Raghu Das*, executivos da IDTechEx. Segundo os autores, é um negócio multi-bilionário, em rápido crescimento.

A eletrônica estrutural envolve componentes e circuitos eletrônicos e/ou elétricos que atuam como estruturas de sustentação de suporte de carga.

Esses mecanismos são de enorme interesse para as indústrias aeroespacial e automotiva e na engenharia civil, mas seu alcance é muito mais amplo do que isso, afirma o estudo

Para os autores da pesquisa, os carros elétricos precisam de maior alcance e mais espaço para o combustível.

Em engenharia civil, a necessidade de combater a corrosão de estruturas de concreto armado e estabelecer requisitos mais rigorosos para todas as estruturas, incluindo o aviso antecipado de problemas, estão entre os impulsionadores do mercado para a eletrônica estrutural.

A eletrônica e a eletricidade efetivamente não têm volume. Mais especulativamente, são injetadas em vazios não utilizados em carrocerias de veículos, edifícios, etc, podendo fornecer esse benefício sem necessariamente suportar a carga, mas possivelmente proporcionando outros benefícios, como o isolamento térmico.

Algumas aplicações de eletrônica estrutural são em aeronaves usando ligas de memória de forma e em carros que se utilizam de diodo emissor de luz orgânico OLED impresso no exterior. Há também uma pele que pode ser instalada em um veículo elétrico, substituindo a bateria de tração como armazenamento de energia.

A pele inteligente é como um sistema nervoso e, em breve, com essa tecnologia, veremos barcos e aeronaves funcionando apenas com sol, completa o estudo.

* Dr. Peter Harrop é presidente e Raghu Das é CEO da IDTechEx

Fonte: https://www.idtechex.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here