Algumas empresas de manufatura já podem armazenar seus dados na Nuvem através de assinatura.

Aplicar o conceito de Indústria 4.0 na prática é um importante desafio para o segmento no Brasil. Enquanto o mercado evolui para uma transformação digital, com produtos e processos cada vez mais inteligentes, as companhias nacionais, principalmente as pequenas e médias, buscam formas de se adequar a essa nova realidade.

Aplicar as novas tecnologias tem um caminho. Há ferramentas para isso. Uma delas foi desenvolvida pela TOTVS, líder em SMB (small and medium business). Ela ajuda as empresas a vivenciarem os benefícios proporcionados pela Manufatura Avançada, de forma viável e adequada aos seus negócios. Agora é possível ter uma assinatura para armazenar os dados na Nuvem

Ferramenta inovadora e descomplicada

A TOTVS Intera é uma forma inovadora e descomplicada de contratar o armazenamento de dados na Nuvem. Isto é, por meio de uma assinatura mensal, o cliente usufrui de softwares de gestão e funcionalidades especializadas. E melhor, sem nenhum custo com infraestrutura, servidores ou data centers, manutenção e suporte próprios.

Além disso, elimina a necessidade de licenças, tornando a tecnologia de ponta acessível às PMEs, aproximando-as da Indústria 4.0.

Ou seja, a empresa paga apenas a mensalidade correspondente ao número de pessoas que acessam (IDs). Com isso, recebe todo o portifólio de software e hardware da companhia na Nuvem.

Para quem está começando, além do sistema de retaguarda, conta com quatro módulos especialistas. Ele permite que seja escolhido o pacote de serviços de implantação que melhor se encaixa às necessidades específicas daquela organização.

O objetivo é permitir avanços na gestão, produtividade, redução de custos e elevar a qualidade da operação como um todo.

Alto nível de segurança

O modelo também contempla a plataforma fluig, que permite ao cliente gerenciar as suas tarefas, organizar documentos, automatizar processos, criar os seus próprios portais e acessar on-line os principais indicadores da empresa. Pode ainda manter todos conectados e atualizados por meio de uma rede social corporativa.

Tudo em um único ambiente e operando na Nuvem, o que oferece um nível de segurança da informação extremamente confiável, e que, no contexto da Indústria 4.0, desempenha um importante papel na conectividade entre os elos da cadeia de suprimentos e entre as etapas da própria produção.

“Operar em cloud é a combinação perfeita entre praticidade e custo, mas sem altos investimentos”, afirma Angela Telles

“Dentro da estrutura industrial brasileira as PMEs desempenham um papel extremamente relevante. Por isso, pensamos em ferramentas que se adequem perfeitamente a esses negócios e a resposta está na Nuvem. Assim, o mercado SMB consegue vivenciar, na prática, o que parecia ser uma realidade apenas para as grandes empresas”, afirma Angela Gheller Telles, diretora dos segmentos de Manufatura e Logística da TOTVS.

Outras ferramentas aplicadas na manufatura

O segmento de manufatura é uma importante fonte de negócios para a TOTVS. Ele representou 24,4% da receita total em 2016. A companhia investiu no desenvolvimento de ferramentas e funcionalidades que vêm ajudando as empresas brasileiras entrarem na Era Digital.

Dessa forma, é possível entregar recursos viáveis e aplicáveis, não apenas com olhar de futuro, mas ancorado no presente, para ajudar, hoje, as manufaturas nesse novo e denso desafio. MES, RFID, Portal de Vendas do Cliente, Configurador de Produtos Web, e-Procurement e S&OP (ferramenta de planejamento de vendas), e-Kanban, APS e Gestão da Qualidade são algumas das suas soluções vocacionadas para o segmento.

Fonte: TOTVS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here