O Blockchain é a tecnologia que está por trás do funcionamento de criptomoedas (ou moedas digitais), como o Bitcoin. Entretanto, o conceito dessa solução pode ser expandido e utilizado em outros mercados, garantindo maior confiabilidade nas transações e trazendo outros benefícios interessantes aos usuários.

Entenda o que significa Blockchain e como preparar os seus sistemas para aproveitar essa tecnologia.

Como preparar um sistema para o uso do Blockchain

O que é Blockchain?

Criado em 2008, o Blockchain nasceu juntamente com o Bitcoin para aumentar a segurança das transações financeiras e levá-las para a internet. Pode ser que você não se lembre disso, mas neste ano o mundo passava por uma grave crise econômica e uma bolha imobiliária acontecia nos Estados Unidos.

Em um ambiente digital, um dado pode ser copiado, alterado e compartilhado. O objetivo do Blockchain é garantir que os atos de copiar e de alterar não sejam realizados de forma indevida. Isso significa que uma pessoa não pode simplesmente copiar um valor de Bitcoin quantas vezes quiser e também não pode alterar o valor da moeda digital de outras pessoas, por exemplo.

Para garantir esse nível de segurança, o Blockchain é organizado como uma série de blocos encadeados que sempre carregam um conteúdo como uma espécie de impressão digital. No caso da moeda Bitcoin, esse conteúdo são os dados da própria transação financeira.

A proteção dessas informações é garantida porque um bloco qualquer sempre conterá a impressão do bloco anterior, além de suas próprias informações. Essa é a impressão digital daquele bloco, também conhecida pelo termo hash.

Embora tenha nascido junto às moedas digitais, o Blockchain hoje possui outras aplicações importantes para a indústria. Confira algumas delas.

Internet das Coisas: o Blockchain pode ser usado para validar a comunicação entre dispositivos e assegurar a legitimidade dos dados enviados e recebidos.

Transparência pública: órgãos governamentais ou empresas listadas na bolsa de valores podem recorrer à inviolabilidade do Blockchain para assegurar a veracidade de seus relatórios financeiros, projeções de gastos e assim por diante.

Contratos inteligentes: o Blockchain viabiliza a criação de acordos digitais cujas condições podem ser estabelecidas e checadas de modo automático, dando maior confiabilidade ao negócio.

Como estar preparado para o Blockchain?

O primeiro passo é conhecer bem essa tecnologia. Aprender a respeito dela é importante para saber a maneira de utilizá-la em seus sistemas, na sua empresa e no seu mercado. E não basta apenas aprender uma vez, mas se comprometer com o estudo contínuo sobre essa solução que está em constante evolução.

Em seguida, uma ótima ideia é treinar para identificar oportunidades em que o Blockchain pode ser utilizado. Como vimos, essa tecnologia não precisa ficar restrita às criptomoedas, podendo migrar para outros setores e segmentos. É preciso estar atento para saber identificar campos em que o Blockchain possa ser usado.

Por fim, a dica final para estar preparado é usar a tecnologia sempre que possível. Familiarizar-se com o Blockchain vai ajudá-lo no momento em que você precisar colocar em prática os conhecimentos acerca dessa solução.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here