Início GESTÃO E NEGÓCIOS

GESTÃO E NEGÓCIOS

A gestão de um negócio vai além de administrar com foco nos processos internos e na busca por resultados que atendam seu plano de negócios ou planejamento estratégico. É preciso muita atenção à organização da empresa, bem como à qualificação de sua equipe.
Desde o contato do fornecedor, que entrega a matéria-prima, até a venda do produto pronto ao cliente final, todas as etapas precisam ter controle e regras bem estabelecidas e compartilhadas para todos os agentes que interagem na produção.

ABB faz o maior investimento em automação industrial, na sede da B&R, na Áustria –     Investimento de 100 milhões de euros marca a posição de liderança da ABB no setor de automação fabril e de máquinas –     Investimento no desenvolvimento da...
As fintechs definiram a direção, a forma e o ritmo das mudanças em quase todos os setores de serviços financeiros nos últimos anos. E apesar de não liderarem a indústria, elas estabeleceram as bases para uma disrupção futura. Este relatório...
O uso inadequado de ferramentas, o desconhecimento de regras de segurança e a utilização despercebida de itens maliciosos são alguns dos erros mais comuns quando se pensa na influência humana em sistemas de proteção informacional. No entanto, ter uma consciência direcionada para esse aspecto, assim como obter um treinamento claro e objetivo sobre as maneiras de assegurar-se em ambiente digital é essencial para ambientes domésticos ou empresariais.
A Volkswagen do Brasil lançou em julho a 6ª edição de seu “Anuário de Responsabilidade Corporativa”, revelando o compromisso da empresa com a responsabilidade corporativa, sustentabilidade e transparência. A publicação destaca os principais avanços, conquistas e desafios da VW...
A pesquisa de 2018 sobre Investimentos em Indústria 4.0 realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que a indústria brasileira ainda engatinha no que diz respeito à migração para a digitalização, já que apenas 17% das empresas que investirão em tecnologias digitais pretendem investir em sistemas inteligentes de gestão e inteligência artificial.

Admirável mundo 4.0

A nova revolução industrial – pautada pela convergência entre as tecnologias da operação e da informação – não é novidade, mas vai se intensificar no curtíssimo prazo em todas as cadeias produtivas A Tesla Motors, montadora do Vale do Silício...
A meta do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços é que 15% das empresas brasileiras possam ser conceituadas como Indústria 4.0 em até oito anos. E é exatamente para estimular a quarta revolução industrial no Brasil que o governo federal lançou, no primeiro semestre, um pacote de incentivos à modernização do parque fabril nacional no montante de R$ 8,6 bilhões. De acordo com o ministro Marcos Jorge, este tipo de incentivo à indústria 4.0, que vai financiar o investimento de empresas em tecnologia, já é utilizado em países como Alemanha, Estados Unidos, China e Portugal.
O estudo menciona criptomoedas como Bitcoin (BTC) como “paradigmas tecnológicos e operacionais que são uma fonte de disrupção para todo o setor, incluindo política monetária e estabilidade financeira”. Outras “aplicações disruptivas e inovadoras” de novas tecnologias incluem “inteligência artificial (AI), computação em nuvem, biometria, identidade digital, blockchain, cibersegurança, internet das coisas (IoT), realidade aumentada” e muitas outras.
São as simulações de cálculos e análises qualitativas realizadas por toda a tecnologia da nova indústria que possibilitarão uma gestão tributária com maior nível de Compliance, buscando indicadores de oportunidades tributárias e modeladores de riscos, que vão ajudar a tomar a melhor decisão para a estratégia de negócios.
Devido os avanços tecnológicos e os processos avançados de globalização, estamos passando por mudanças rápidas em praticamente todos os setores da economia. Essas transformações, naturalmente, estão provocando uma revolução no mercado de trabalho, de modo que muitos cargos e até mesmo muitas profissões que existem hoje deixarão de existir em um futuro muito próximo, conforme apontado por diversas pesquisas.
Anúncio