As habilidades para entender e trabalhar com dados – e tomar decisões fundamentadas com base neles – são necessárias e não desaparecerão tão cedo. Confira algumas novas diretrizes observadas entre os funcionários ao longo dos últimos anos, e a maneira como os executivos priorizam o aprimoramento de suas equipes.

Hoje em dia, as competências dos funcionários importam mais do que cargos

Uma tendência nas equipes nos últimos anos é o conjunto de habilidades híbridas. Em outras palavras, não olhe apenas para os nomes dos cargos em análise de dados. Verifique as responsabilidades e as habilidades.

A empresa de dados sobre mercado de trabalho Burning Glass relatou que as funções especializadas que ganham valor são bastante complexas na medida em que exigem habilidades em campos que vão da ciência de dados, passando pelo gerenciamento de produtos e indo até o design, e estão crescendo a uma taxa duas vezes maior que a do mercado de trabalho global.

Já em 2016 a revista Fortune observou que havia metade do número de empregos para gerentes de desenvolvimento de negócios em comparação com os cinco anos anteriores.

Porém o requisito “habilidades analíticas” não desapareceu: 68% mais descrições de empregos em marketing e em 29% mais listagens de empregos em TI mencionaram esta competência.

Da mesma forma, ao perguntar o que vem a seguir no mercado de trabalho em ciência de dados e analytics, a PricewaterhouseCoopers aconselha a “procurar principalmente por pessoas de negócios com habilidades analíticas, não apenas analistas” e “será mais bem-sucedido se recrutar entre seus próprios funcionários”.

A Minitab recentemente realizou uma pesquisa com mais de 500 profissionais globais de Melhoria Contínua. Nossa pesquisa refletiu sentimentos semelhantes, com os executivos confiando menos em apoio externo para enfrentar desafios ou resolver problemas.

Em vez disso, eles estão usando recursos externos para melhorar as habilidades ou treinar recursos internos para a maioria dos desafios de negócios.

Análise de dados não é mais um assunto somente para analistas

Mesmo aqui na Minitab, a maioria das pessoas que frequentam nossos cursos abertos de treinamento ou a nossa Conferência Insights não têm o Analista como seu cargo.

Independente das mudanças nas condições do mercado de trabalho, uma coisa é certa: incutir o valor de poder trabalhar com dados e tomar decisões sensatas é algo vital para as empresas prosperarem.

“Todo mundo tem dados!” diz Scott Kowalski, especialista em treinamento de assessoria técnica da Minitab. “Para transformar os dados em informações que tenham significado direto para a organização, você precisa ter pessoas que os organizem, analisem e interpretem.”

Artigo de Evan McLaughlin

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here